Os dois gatinhos

    Compartilhe
    avatar
    Ragna The Bloodedge
    FanFic Moderador
    FanFic Moderador

    Masculino Mensagens : 429
    Data de inscrição : 21/08/2011
    0 / 100 / 10

    Os dois gatinhos

    Mensagem por Ragna The Bloodedge em Dom Nov 18, 2012 6:11 pm

    Claw estava com sua tripulação no Puerto de los Lobos, querendo relaxar um pouco em um bar, pois suas últimas batalhas contra os cães foram bastante cansativas. O bar localizava-se perto do porto, então não iriam voltar aos mares muito tarde. Claw já visitou esse bar centenas de vezes, mas não sabia que uma certa "gatinha" iria causar uma incrível uma bagunça.

    O capitão entrou, acompanhado de seus tripulantes. "Façam o que quiserem, vou dar uma volta no segundo andar", disse o gato, virando as costas para o grupo e subindo as escadas, que estavam perto da entrada. Para vocês que não sabem, o segundo andar é permitido apenas para membros especiais, que visitam o bar com muita frequência.

    Lá encima, Claw foi para uma sala onde estavam vários capitães de navios famosos, e algumas mulheres bem sedutoras. Era naquele andar onde gatões e gatinhas faziam seus atos de prazer, mas já que Claw já tinha uma mulher, não precisava satisfazer-se com aquelas mulheres.

    Ele bebeu um pouco, conversou com seus colegas, e percebeu que estava bem cansado depois de tudo que aconteceu na última batalha. Despediu-se de seus amigos, e foi arranjar um quarto para que ele pudesse descansar em paz. Ele foi de sala em sala, mas quase todas as camas de solteiro estavam ocupadas. Não teve escolha a não ser pegar uma cama de casado. Ele foi de sala em sala, até que viu uma que estava destrancada. Decidiu abrir a porta, e viu que ninguém estava mesmo lá. Aproveitando a oportunidade, fechou a porta, ficou apenas de roupa de baixo (que era uma cueca branca de bolinhas vermelhas), e começou a relaxar.

    Logo quando o sono veio, ele começou a perceber gemidos vindos do outro lado da cama. Era só sua imaginação, ele disse. Mas só por curiosidade, decidiu virar sua cabeça, e ficou assustado com a jovem gatinha nua que estava ao seu lado, masturbando-se com um brinquedo para cães. Por mais estranho que pareça, ela tinha chifres, algo que gatos com certeza não tem.

    Claw não resistiu. Era uma garotinha. Ela estava se masturbando. E ela ainda estava ao seu lado. Por algum motivo, ela estava. Ele logo saiu das cobertas, dando um susto na gatinha, que mal sabia que o capitão estava ali. Ele abriu bastante suas pernas, penetrou-a com seu enorme e vermelho pênis, aproximou-se de sua orelha, e falou, em um tom safado:

    - Qual o seu nome e como diabos entrou aqui, garota...? - Logo em seguida, deu uma lambida devagar na orelha da menina, arrepiando-a. Ela estava sentindo bastante dor, pois aquela era a sua primeira vez com alguém. Mesmo ficando praticamente paralisada pelos movimentos velozes e furiosos do gato, respondeu, bastante nervosa:

    - N... Nepeta Leijon... Argh! - Gemeu a menina, mal podendo dizer alguma coisa enquanto o esperma saía lentamente de sua buceta. - Eu fi... Fiquei curiosa pela janela aberta e acabei... Unf!! - Ela estava quase explodindo de tanto prazer, que podia até morrer. Ela não pôde continuar sua frase, pois o prazer praticamente dominava o corpo dela por inteiro.

    - Ah, é?! Então vou te ensinar a ser uma boa menina de agora em diante! - Claw retirou seu pênis de dentro da vagina da jovem, que finalmente teve pelo menos uns míseros segundos para descansar. O capitão abriu a boca da garota, e colocou seu pênis dentro de sua cavidade bucal, movimentando-se bem rápido. Ele arfava sem parar, pois também estava sentindo um prazer enorme. Estava mais satisfeito com a Nepeta do que com sua mulher. Se pudesse, podia até lamber seu ânus para sempre. Enfim, Nepeta queria tirar o pênis de sua boca, mas não conseguia. Toda vez que tentava, Claw batia em sua mão com uma enorme força. Ela mal conseguia respirar, pois o órgão genital estava indo bem na sua garganta, de tão grande que era. Mas... Ela tinha que pelo menos tentar viver. Morrer logo na primeira vez não é algo que alguém dos Leijon faria. Ela afastou as patas de Claw de perto dela, agarrou bem forte o seu pênis, e começou a chupá-lo com força. "Que boquete incrível... Como que essa garota faz isso desse jeito?" Perguntou-se o gato, mas decidiu ignorar isso e voltou ao que estava fazendo.

    Chegou uma hora em que ambos perceberam que seus órgãos genitais estavam praticamente tremendo. Mesmo sabendo que iriam gozar logo logo, continuaram. Enquanto Claw encostava sua mão na ponta dos seios da gatinha, a mesma colocou o brinquedo para cães de antes em sua vagina, e pôs ele para vibrar na potência máxima. Era tanta tesão que eles não aguentaram. Os dois felinos gozaram ao mesmo tempo, o esperma de Nepeta sujando uma grande parte da cama e do tapete, e o sêmen de Claw adentrou-se na boca da menina, e mesmo tendo uns restos que sobraram em seu rosto, ela lambeu tudo. Uma verdadeira gatinha do prazer.

    Claw deliciava-se com aquela cena. Nepeta pegava as gotas de esperma espalhadas pela sua linda face, e colocava elas em sua língua, com uma cara de safada. Ela queria mais, mais e mais. O capitão atendeu seu pedido. Mandou ela ficar de quatro, pois iria fazer algo que ela nunca iria esquecer. Então, ela fez o que foi mandado pelo gato, e ficou em uma posição em que o interior de sua buceta estaria bem visível. Então, o gato começou a colocar seus dedos médio e indicador dentro da jovem, que gemeu logo quando percebeu isso. Fez isso por dois longos minutos, e logo colocou seus dedos em sua boca. Deu uma risada forte, e logo aproximou sua cabeça até a bunda da sua parceira, e começou a lamber seu ânus. Aquilo foi demais para a gatinha. Sua mão direita, que estava trêmula, foi colocada no seu órgão genital, e ela começou a se masturbar lentamente.

    E assim foi, por mais alguns minutos. Até que Nepeta teve uma "inocente" ideia:

    - Poderia ver no armário se tem algum objeto bom pra usar? - Disse, afastando-se um pouco do seu parceiro. O mesmo foi ver se tinha alguma coisa boa, e a única coisa boa que ele encontrou foi o controle remoto da televisão. Ele falou que achou uma coisa que iria servir. - O que é? - O gato foi rapidamente de volta para sua antiga posição, e enfiou o objeto bem fundo nela. Não era nenhuma coisa como vibradores ou objetos semelhantes... Era um controle. [palavra censurada] se era um controle. Ela queria mais. Claw cortou a pele da garota com suas garras, enfiando-as na sua bunda. Então, ele começou a penetrá-la pelo ânus, mesmo tendo um pouco de dificuldade de penetrá-la, já que o local desejado estava bem fechado.

    Mas ele queria botar o máximo de força que pudesse naquela hora, como se não houvesse amanhã. Ele enfiou sua garra no orifício da jovem, e começou a alargá-lo. A gatinha sentia muita dor, mas ela queria que ocorresse o mais cedo possível. Vendo que já era o que precisava, Claw colocou seu grande e ereto pênis no ânus da menina, e começou a penetrar como um monstro. Nepeta viu que estava na hora de parar. Se continuar assim, é provável que ela morra de tanta tesão, mas era tarde demais. Claw continuou e continuou, era impossível de pará-lo. Sangue saía do interior da garota, mas ele estava pouco se fodendo pra isso. "Só quero foder essa putinha", segundo ele.

    Ele continuou nesse vai-e-vem por quase uma hora, até que percebeu que a garota não gemia mais. Ela... Morreu. É. Então, assustado com isso, Claw decidiu colocar o cadáver da garota em um enorme saco de arroz, e voltou para o barco com sua tripulação. Quem sabe, algum dia, o cadáver volte a ter algum uso.

    Nepeta is dead, by the way.


    _____________________________________
    avatar
    MissZero
    Moderador
    Moderador

    Feminino Mensagens : 369
    Data de inscrição : 21/08/2011
    0 / 100 / 10

    Re: Os dois gatinhos

    Mensagem por MissZero em Dom Nov 18, 2012 6:58 pm

    descanse em paz, Nepeta


    _____________________________________


    Jeremias, o sapo da galera.




    avatar
    Kraken
    Gamer Moderador
    Gamer Moderador

    Masculino Mensagens : 321
    Data de inscrição : 23/08/2011
    0 / 100 / 10

    Re: Os dois gatinhos

    Mensagem por Kraken em Ter Nov 20, 2012 5:25 pm

    kd isso publicado nos livros infantis? crianças precisam aprender desde cedo
    avatar
    Ragna The Bloodedge
    FanFic Moderador
    FanFic Moderador

    Masculino Mensagens : 429
    Data de inscrição : 21/08/2011
    0 / 100 / 10

    Re: Os dois gatinhos

    Mensagem por Ragna The Bloodedge em Qua Nov 21, 2012 5:20 pm

    eu concordo


    _____________________________________

    Conteúdo patrocinado

    Re: Os dois gatinhos

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Jun 22, 2017 4:35 pm